O doutor António Vilardel Vinholas era um médico espanhol radicado no Sabugal. Pescador inveterado foi recordado no dia da abertura da pesca.

Trutas do Rio CôaUma placa numa rua da cidade do Sabugal perpetua o nome de um médico espanhol radicado no concelho. Chamava-se António Vilardel Vinholas e tinha fama de ser homem de muitas causas sociais. Bom conviva fazia da pesca um dos seus passatempos preferidos.
A época oficial de pesca abriu a 1 de Março, e um grupo de amigos, conversando, recordou o doutor António com saudade. É, pois, preferível dar a palavra a José Manuel, dos Fóios, que faz questão de enaltecer a memória desses convívios: «Fizemos um brinde como se ele estivesse entre nós. Não nos devemos esquecer de que o doutor António também brindava os seus amigos com um excelente almoço no dia da abertura da pesca. E que almoços! E tantos que eram os amigos! Eram tantos que os convites eram feitos do seguinte modo: Apareça por lá! Comida havia sempre, com fartura, independentemente do número de pessoas que se dignassem comparecer.»
E a uma só voz o sentimento é comum: «Bem-haja, doutor António.»
jcl