No próximo ano lectivo vão encerrar 66 das 160 escolas do primeiro ciclo (primárias) do distrito de Castelo Branco segundo dados avançados pelo Sindicato dos Professores da Região Centro (SPRC).

Penamacor - Escola do Primeiro CicloO Ministério da Educação pretende fechar todas as escolas do primeiro ciclo com menos de 20 alunos o que leva o SPRC a questionar se «o país interior vai fechar». «O Ministério pretende encerrar escolas num número que põe quase em causa o serviço público de educação» afirmam os responsáveis sindicais citados pela agência Lusa.
Em Penamacor fecham as portas sete estabelecimentos de ensino (existem nove abertos), seis em Belmonte (num total de dez), cinco em Proença (tem sete), dois em Vila Velha de Rodão (permanecendo dois) e oito em Idanha-a-Nova (dos 11 existentes).
O concelho da Covilhã é aquele que vê mais escolas fecharam, 13 das actuais 38 e no Fundão está previsto o encerramento de 10 mantendo-se 18 a funcionar. Em Castelo Branco cessam actividade cinco das 31 e na Sertã os números indicam 6 das 16 existentes. Vila do Rei mantém a única escola do primeiro ciclo que ainda tem.
A situação é de facto cada vez mais grave porque estabelecimentos fechados significa professores e auxiliares no desemprego.
jcl