You are currently browsing the monthly archive for Fevereiro 2007.

Vão arrancar em breve as obras de arranjo do Cabeço do Covelo, no exterior da muralha da antiga vila de Sortelha, hoje aldeia histórica de Portugal.

Muralha de SortelhaOrçadas em cerca de 100 mil euros, vão iniciar-se as obras de melhoramento do cabeço do Covelo, em Sortelha, concelho do Sabugal. Os trabalhos incluem a reposição da vegetação junto às muralhas e arranjo de todo o espaço envolvente à mesma no lado poente.
Vai instalar-se uma escadaria metálica para facilitar o acesso dos peões ao parque de estacionamento existente no exterior da muralha, facto que, segundo o presidente da Junta de Freguesia, Luis Paulo, melhorará as condições da aldeia histórica para receber em condições dignas os muitos visitantes que ali afluem.
As obras resultam de um projecto apresentados pela Junta de Freguesia, em parceria com a Câmara Municipal do Sabugal, ao Programa das Aldeias Histórica de Portugal. O mesmo foi aprovado, pelo que e o custo do empreendimento será comparticipado pelo dito programa.
plb

Anúncios

Um jovem natural dos Fóios, que vive as emoções da prática desportiva em moto 4 alimenta o sonho de disputar o Campeonato Nacional de Todo o Terreno, ao comando da sua moto.

Moto 4Chama-se João Pedro Esteves Dias, é natural dos Fóios e reside no Sabugal, onde frequenta a Escola Secundária. Desde adolescente que adora motas de 4 rodas, corridas e todas as actividades que envolvem esse tipo de veículos. Desde há alguns anos, que pratica desporto motorizado com uma moto 4.
Dada a longa prática e a boa performance, este ano pensa realizar um sonho: participar no Campeonato Nacional de Todo o Terreno aos comandos da sua moto. O campeonato terá seis provas, distribuídas pelo País, sendo a primeira no fim de semana de 2 de Março, no Algarve.
Já tem garantida a assistência técnica em prova, mas faltam-lhe apoios monetários para poder enfrentar os encargos que decorrem das competições. Numa luta por alcançar o seu sonho, o jovem estudante compromete-se a publicitar quem o ajude na realização da sua pretensão.
Capeia Arraiana associa-se ao esforço do jovem fojeiro que representará o concelho do Sabugal. Quem se prestar a dar-lhe uma ajuda pode contactá-lo pelo telefone: 934428876.
plb

«Marcos na vida de um raiano», recentemente editado, é um livro autobiográfico da autoria de Agostinho Pires, natural de Aldeia da Ponte, concelho do Sabugal.

«Marcos na vida de um raiano» de Agostinho PiresManuel Leal Freire assina o prefácio destacando a amizade que o une ao autor e o valor de relicário que Aldeia da Ponte tem para os dois aldipontenses filhos de praças da Guarda Fiscal destacados na guarnição da freguesia. Incontornável também a figura de outro filho da terra, Tó Chorão, a quem se refere como «a personalidade que mais se tem esforçado pela preservação dos valores tradicionais da Raia Sabugalense de que é também o mais genuíno representante, um autêntico vergalhudo da Raia, título que nós, raianos, damos aos melhores de todos».
A obra está dividida em cinco capítulos com as páginas dos três primeiros preenchidas com versos de quadras em rima alternada de sete sílabas, feitas «em agreste avena e flauta rude tão ao gosto da cultura da arraia miúda de onde emergimos e à qual pertencemos» resume o autor na introdução sublinhando que no quarto capítulo o tema desenvolve-se à volta da Praça de Touros de Aldeia da Ponte e do papel fundamental da Associação Amigos de Aldeia da Ponte na sua construção. O último capítulo fala da defesa dos princípios e valores pelos quais vale sempre a pena lutar como sejam a verdade, a honra e a dignidade.
O livro de Agostinho Pires que se descreve a si mesmo como «modesto plebeu raiano, nascido em terras de ribacôa e casado em terra alheia, que, depois de viver em Castro Daire e Coimbra, optou por Santa Comba Dão para nela residir e passar a última fase da sua vida» é feito de referências a figuras, imagens, locais, factos, momentos e correspondências trocadas ao longo da vida.
Estórias de vida de um raiano que a História tem obrigação de registar.
jcl

Semanalmente seleccionamos uma fotografia enviada pelos nossos leitores para ser publicada à segunda-feira. Ficamos à espera da sua…

«Imagem da Semana» (26 de Fevereiro de 2007)Data: 26 de Fevereiro de 2007
Local: Oliveira do Hospital
Autor: desconhecido
Data: desconhecida
Legenda: valores do orçamento não batem certo…
Enviada por: Ana Paula Sousa (Lisboa)

Clique na imagem para ampliar

Decorreram no Sabugal, no fim-de-semana de 24 e 25 de Fevereiro de 2007, os Campeonatos Distritais de Xadrez de Jovens e de Veteranos da época 2006/2007.

APEES - Associação de Pais e Encarregados de Educação do SabugalA Associação de Xadrez de Castelo Branco com o apoio da APEES-Associação de Pais e Encarregados de Educação do Sabugal organizou nos dias 24 e 25 de Fevereiro de 2007 os Campeonatos Distritais de Jovens e de Veteranos da época 2006/2007.
Resultados e classificações finais das categorias Sub-10 (um participante), Sub-14 (dois participantes), Sub-18 (três participantes), Sub-20 (um participante) e Veteranos (dois participantes):
Sub-10 – 1.º, João Gavinhos, Núcleo Sportinguista do Fundão (NSF), – pontos.
Sub-14 – 1.º, João Silva, NSF, 2 p. 2.º, Francisco Martin, ADE, 0 p.
Sub-18 – 1.º, João Neves, ADE, 1,5+3 p. 2.º, Gonçalo Silva, NSF, 1,5+1 p. 3.º, Tiago Lindeza, NSF, 0 p.
Sub-20 – 1.º, Gonçalo Barata, NSF, – p.
Veteranos – 1.º, Alberto Costa, CCD, 2 p. 2.º, José Reis, NSF, 0 p.
Os campeonatos foram disputados nas instalações da Escola do 1.º Ciclo do Sabugal e visaram divulgar e promover a modalidade na zona raiana.
jcl

Consultámos há tempos, os volumes do «Dicionário das Freguesias», editado pela ANAFRE. Eis um choque frontal: o Dicionário informa que o orago de Quadrazais é Santa Eufêmia! Quem, e quando, nomeou a Santa Eufémia orago de Quadrazais? A paróquia existe desde antes do século XIV, sendo uma das poucas da Raia com dignidade de Abadia, de onde o pároco tem direito ao tratamento de Abade, no mesmo plano do pároco do Sabugal.

Jesué Pinharanda Gomes - Carta DominicalA imagem de Quadrazais foi (talvez hoje não seja) controversa. Polémica. Quem leu o «Maria Mim» de Nuno de Montemor não deixa de sentir algum tremor face aos testemunhos que ele registou, depreciativos para a freguesia. Sentimos a depreciação em carne viva, quando, identificando a nossa naturalidade, com frequência vinha à baila o ápodo de contrabandistas. Tomavam, os estranhos a parte pelo todo, e faziam gala de acusar os quadrazenhos por uma actividade que só no Liberalismo deveio efectivo crime. A Raia do Côa foi secularmente aberta, e talvez voltemos a este assunto.
O tema de hoje é, porém, a negligência de Quadrazais na apresentação da sua imagem. Consultámos há tempos, os volumes do «Dicionário das Freguesias», editado pela ANAFRE. Eis um choque frontal: o Dicionário informa que o orago de Quadrazais é Santa Eufêmia! Quem, e quando, nomeou a Santa Eufémia orago de Quadrazais? A paróquia existe desde antes do século XIV, sendo uma das poucas da Raia com dignidade de Abadia, de onde o pároco tem direito ao tratamento de Abade, no mesmo plano do pároco do Sabugal.
Em antiquíssimo documento régio, de 1320/1321, lá aparece a paróquia de «Santa Maria de Quadrazais». De facto e de direito o orago quadrazenho é Santa Maria, do título de Santa Maria Maior, ou seja, Nossa Senhora da Assunção, que se venerava no trono principal da igreja matriz. Santa Eufêmia tem jus à fama de imagem das mais populares da Raia, mas não é orago. Aliás, quem redigiu o artigo sobre Quadrazais devia ter conferido as informações em qualquer enciclopédia (que habitualmente dedicam várias linhas à freguesia, com grande rigor) ou perguntar ao pároco qual o nome do orago.
Motivo de perplexidade é também a pequenez da notícia do dicionário da ANAFRE. Quadrazais mais parece ali uma quinta, quando a sua notícia se compara com a de freguesias em volta, como Malcata, que ocupa uma boa página, contra Quadrazais, ocupando talvez 1/8. E, no entanto, acerca de Quadrazais há inúmeros estudos publicados, uns generalistas, outros especialistas.
Há atenuante para tão magro e errado tratamento da nossa imagem?
«Carta Dominical» de Pinharanda Gomes

O Professor José Corceiro Mendes decidiu oferecer a sua biblioteca pessoal à Junta de Freguesia dos Fóios, que a irá instalar num espaço do Centro Cívico, cuja construção está em fase de conclusão.

José Corceiro Mendes, FóiosO poeta e narrador José Corceiro Mendes, acometido por doença grave, aliada ao peso da idade, decidiu doar os seus livros à terra natal, os Fóios, com o fim de serem instalados numa sala do Centro Cívico da freguesia.
O presidente da Junta de Freguesia, José Manuel Campos, agradece a dádiva do cidadão e amigo da terra: «Naturalmente que ficámos felizes com o gesto e agora que o edifício se encontra em fase de acabamentos, estamos a preparar uma deslocação a Lisboa para podermos transportar tão importante tesouro. Vamos perpetuar o querido amigo Professor Zé Corceiro, atribuindo esse mesmo nome à biblioteca e que dignifique o Professor, o Homem e o Poeta».
A Junta vai solicitar à Câmara Municipal um transporte uma vez que a obra é composta por cerca de mil volumes incluindo as respectivas estantes.
O presidente quis realçar ao Capeia Arraiana a delicadeza do gesto e a verticalidade do ofertante: «Com receio que a saúde não lhe permitisse chegar até ao dia da inauguração do Centro Cívico, e como é homem de palavra, comunicou aos filhos a sua vontade e procedeu ao respectivo testamento».
José Corceiro Mendes nasceu nos Fóios a 2 de Fevereiro de 1927, onde fez a instrução primária. Foi aprendiz de marçano em Vilar Maior. Aos 12 anos emigrou com a família para Angola, tendo regressado ao fim da Segunda Guerra Mundial. Fez o Liceu e a Escola do Magistério Primário na Guarda. Exerceu o professorado nos Fóios, no Sabugal e na Covilhã, onde tirou o curso de debuxador, na Escola Industrial Campos Melo, profissão que exerceu durante oito anos.
Em 1971, emigrou com a família para a Alemanha, onde permaneceu doze anos como assistente social para portugueses. Ali, foi co-fundador dos jornais A Batalha e Horizonte. Além das actividades profissionais, foi Presidente da Liga Operária Católica (LOC), na diocese da Guarda. Foi co-fundador do Centro de Cultura Operária, presidente da Conferência de São Vicente de Paulo, catequista e responsável dos Cursos de Cristandade. Publicou dois livros e colaborou em dezenas de jornais.
plb

O «V Off Road ACP», passeio de todo-o-terreno anualmente organizado pelo Automóvel Clube de Portugal, realiza-se em Abril, e tem como palco a Beira Interior, incluindo no percurso a passagem pelos castelos de Vilar Maior, Vila do Touro e Sortelha.

Passeio de todo-o-terrenoNo fim de semana de 20 a 22 de Abril, o prestigiado passeio de jipes seguirá um percurso que inclui caminhos rurais e diversos lugares históricos da região.
A concentração terá lugar no dia 19, no Hotel Vanguarda, na cidade mais alta do País, após o que se realizará uma etapa nocturna até à povoação do Jarmelo.
No dia seguinte, sábado, desenrola-se a etapa mais longa e espectacular. O passeio começa por atravessar a vau o rio Mondego, sobe ao Penedo da Vila e prossegue até ao castelo de Pinhel, e dali vai a Figueira de Castelo Rodrigo, onde será servido o almoço.
De tarde a comitiva avança para Castelo Rodrigo e dali até Almeida, onde visitará a fortaleza abaluartada. Segue depois para Vilar Formoso, a partir de onde se percorrerão os «caminhos do contrabando» até ao imponente castelo de Vilar Maior. Dali o passeio prossegue até Vila do Touro, onde terão lugar as últimas emoções do dia com a realização da pista «Camel Active».
No Domingo a primeira parte da etapa liga a Guarda à aldeia histórica de Sortelha, alcançada através da porta sul das muralhas. O percurso termina em Belmonte onde têm lugar as visitas ao castelo, Museu Judaico e EcoMuseu do Zêzere.
A Câmara Municipal do Sabugal apoia a iniciativa, que é organizada pelo ACP em colaboração com o Clube Escape Livre, da Guarda.
plb

Campeonato Nacional da Lingua Portuguesa - 2007Eis a correcção do 1.º Teste do Campeonato Nacional da Língua Portuguesa. Com um pedido de desculpas a Comissão Técnico-Científica decidiu neutralizar a pergunta 4 atribuindo a todos os concorrentes um ponto.

Quantas palavras erradas encontra neste texto?
Já é tempo de haver um plano nacional contra o perigo eminente de incendio nas matas do Pais. Para realizar acções eficazes na época de verão torna-se imperscindível conhecer as causas estructurais que estão na origem de uma calamidade que se repete, ano após ano, avaliar a operacionalidade dos meios de deteção e prevenção que premitem atuar em casos de imergência. Só assim será possível redusir o numero de fogos, efetuar a recuperação e a reabilitação do ecosistema e preceder à defesa da floresta.
A. 9,
B. 13,
C. 15.

1. Qual é o masculino da palavra abelha?
A. abelharuco
B. abelho
C. zângão
D. não tem masculino

2. Diga o plural de balão-sonda:
A. balões-sondas,
B. balões-sonda,
C. balão-sondas.

3. O que significa mormente?
A. especialmente,
B. morosamente,
C. mormacento.

4. Assinale a palavra que apresenta erro ortográfico: ANULADA
A. cor-de-vinho, B. casa de jantar, C. buxo, D. premeio.

5. Qual a frase correctamente construída?
A. segundo se consta, este edifício vai ser deitado abaixo.
B. segundo se parece, vai haver eleições brevemente.
C. segundo se afirma, há dois candidatos com muitas probabilidades de ganhar o concurso.

6. Na frase «Isto não lhe arrefece o ânimo», qual é o sujeito?
A. o ânimo,
B. lhe,
C. isto.

7. Um epigónio é:
A. aquilo/aquele que nasceu depois,
B. uma inscrição colocada numa fachada,
C. uma pequena poesia satírica.

8. A orizicultura refere-se a:
A. religião afro-brasileira cujo guia é designado orixá.
B. criação de coelhos.
C. cultura de arroz.

9. Só uma das expressões não corresponde ao significado de poalho:
A. nevoeiro pouco denso sobre o mar,
B. chuva miúda e breve,
C. pó muito fino.

10. Indique o conjunto onde não há propriedade no uso das palavras.
A. comandante da comissão,
B. chefe da esquadra,
C. mestre da banda,
D. cabecilha dos revoltosos.

11. Indique em qual das seguintes palavras há erro na acentuação gráfica:
A. comboio,
B. daríam,
C. heróico,
D. atrairdes.

12. Indique a frase semanticamente correcta:
A. os sitiados fizeram uma sortida vitoriosa,
B. o revestimento degredou-se com o tempo,
C. ele desmarcou-se da opinião geral,
D. a Epifânia é sempre recebida com alegria.

Quantas palavras erradas encontra neste texto?
A. 10,
B. 13,
C. 15.

13. Qual destas palavras não pertence à família de intermissão?
A. intermitência,
B. intermitente,
C. interminavelmente,
D. intermitir.

14. Qual destas frases não segue as regras gramaticais?
A. informei-o que o curso iria começar em Fevereiro,
B. por que razão vens tão tarde?
C. há a constatação de que a terra está a aquecer.

15. Na frase «ceámos à lareira que a noite estava fria», a palavra «que» desempenha a função de:
A. conjunção integrante,
B. pronome relativo,
C. conjunção causal,
D. conjunção consecutiva.

16. Tíbio significa:
A. com respeito às tíbias,
B. do Tibete,
C. relativo ao Tibre,
D. morno.

17. Indique qual a frase correcta:
A. anda cá Maria,
B. migalhas é pão,
C. o João são os risos da turma,
D. veja na página vinte e duas.

18. Na frase «V. Exa. está cansado», a figura usada é:
A. um oximoro,
B. uma analepse,
C. uma silepse.

No dia 28 de Fevereiro retomaremos a discussão com a tentativa de resolução do 2.º Teste. Até lá… apoiem a língua portuguesa evitando usar palavras estrangeiras que existem no nosso léxico. Cumprimentos raianos.
jcl

Uma lista de sabugalenses «combate» nas eleições para a Associação de Judo do Distrito da Guarda. Para «outro campeonato» um bonito cartaz da secção judoca do Sporting do Sabugal convida à prática da modalidade na sede do clube três vezes por semana.

Cartaz da Secção de Judo do Sporting Clube do SabugalUma lista composta por sabugalenses concorre às eleições para a Associação de Judo do Distrito da Guarda que se disputam a 24 de Fevereiro. Na opinião do treinador de judo David Carreira «é um combate difícil de terminar vitorioso mas que serve para mostrar alguma discordância pela forma como as actuais entidades associativas têm vindo a dirigir as andanças da modalidade no distrito».
«Mais do que um desporto. Um estilo de vida.» é o lema da página oficial da Federação Portuguesa de Judo. A doutrina e a filosofia deste desporto foram criadas pelo professor japonês Jigoro Kano (1860-1938). Tendo-se iniciado no Ju-Jitsu inaugurou em 1882 a sua primeira escola com o nome Kodokan (Instituto do Caminho da Fraternidade) lançando um método próprio que eliminava os golpes mais lesivos (socos, pontapés) porque a finalidade já não era formar guerreiros mas cidadãos pacíficos. Actualmente existem campeonatos mundiais e continentais e o judo tornou-se desporto olímpico.
E não se esqueça… Às segundas, quartas e sextas, a partir das 18.30 horas, pode fortalecer o corpo e o espírito praticando a modalidade na sede do Sporting Clube do Sabugal sob a orientação do professor David Carreira.
Cartaz da autoria de Carla Vaz.
jcl

«Capeia Arraiana – O blogue de todos os sabugalenses» atingiu no dia 22 de Fevereiro de 2007 o bonito número de 10 mil visitantes.

Site Meter - Estatisticas sobre o «Capeia Arraiana»

O blogue Capeia Arraiana nasceu a 10 de Dezembro de 2006 em consequência do amadurecimento de ideias faladas durante algum tempo entre dois sabugalenses residentes em Lisboa. Atingiu no dia 22 de Fevereiro, ou seja, 74 dias depois, o redondo número de 10 mil visitantes.
Como é que se chega a este valor real? Estamos registados desde o início no «Site Meter» entidade americana que faz auditorias de tráfego na Internet e que vai dando quase em tempo real o número actualizado de visitantes.
Aqui deixamos alguns dados estatísticos até 22 de Fevereiro de 2007: visitantes, 10.000; páginas visitadas, 18.000; «dia record» (21 de Fevereiro), mais de 600 visitas e «mês record» (Fevereiro, até ao dia 22), mais de 4000.
Este projecto de comunicação transformou-se, em menos de três meses, num enorme e aliciante desafio que obriga a muita disponibilidade (temporal e económica) mas que continua a valer a pena. Maiores desenvolvimentos futuros estarão dependentes de continuarmos a acreditar que vale a pena e de nos apoiarem e ajudarem a acreditar que vale a pena.
É nossa intenção promover e divulgar as nossas terras e as nossas gentes através de um discurso positivo mas verdadeiro, honesto mas rigoroso na informação prestada. Mais importante do que escrever histórias é que a História não se esqueça das pessoas que marcaram e marcam as nossas vidas e a nossa região.
É bom supreender os sentidos quando pesquisando no Google a palavra «Sabugal» e outras relacionadas vão aparecendo cada vez mais.
E vamos terminar como iniciamos o blogue…
«A raia, um castelo de cinco quinas, o rio Côa, uma festa de toiros (capeia arraiana) e um forcão são o nosso sentido de vida. Este blogue destina-se à troca de notícias, ideias e comentários entre naturais, descendentes e amigos do concelho do Sabugal. Vivam as Terras de Ribacôa!»
jcl e plb

O poeta Manuel António Pina está em destaque nas escolas do ensino básico da Guarda pela mão da Câmara Municipal da cidade, que realiza uma iniciativa de leitura infantil dedicada ao autor sabugalense.

Manuel António PinaDenominada «Conhecer de perto… Manuel António Pina», a iniciativa leva a literatura infantil à Rede de Bibliotecas Escolares do Primeiro Ciclo do Ensino Básico do concelho da Guarda. As sessões de leitura integram um máximo de 25 crianças, dos 6 aos 10 anos, cuja inscrição prévia foi obrigatória. Acontecem três sessões diárias, nos dias 22 e 23 de Fevereiro, sendo a realização da iniciativa da Biblioteca Municipal da Câmara da Guarda.
Manuel António Pina, jornalista e escritor de grande vulto, nasceu na vila do Sabugal em 18 de Novembro de 1943. Licenciou-se em Direito na Universidade de Coimbra e foi jornalista do Jornal de Notícias durante três décadas. A sua obra literária é sobretudo constituída por poesia e literatura infanto-juvenil. Recebeu vários prémios literários, dos quais se destaca o Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores, concedido em 2005. Encontra-se traduzido em França, EUA, Espanha, Dinamarca, Alemanha, Holanda, Rússia, Croácia e Bulgária.
O Sabugal pouco ou nada tem ligado aos seus escritores de renome. Manuel António Pina foi contudo ao Sabugal, pela mão da Junta de Freguesia, em 2001, no âmbito da iniciativa «Conversas com a escrita».
plb

As enchentes de Inverno do rio Côa destruiram parte dos melhoramentos instalados na praia fluvial de Vale das Éguas, pelo que a Junta de Freguesia planeia realizar obras de reposição e melhoria do espaço de lazer.

Piscina da praia fluvial de Vale das Éguas, SabugalOs estragos provocados pelas recentes enchentes do Côa, levando terra e destruindo uma parte das infra-estruturas instaladas, obrigaram a Junta de Freguesia a programar uma intervenção, para que a localidade não perca o seu maior atractivo.
As obras incluirão a reposição da terra levada pela força das águas e o relvamento de 800 metros quadrados. Será ainda instalado um pequeno bar e um parque de merendas equipado com assadores e mesas.
As obras de melhoramento incluirão ainda a iluminação pública do local, o que será feito instalando painéis de energia solar, um contributo da Junta de Freguesia no campo das energias renováveis a que se torna necessário recorrer com maior insistência.
Fomos à fala com o presidente da Junta de Freguesia, Fernando Proença, que é peremptório: «A praia fluvial de Vale das Éguas não é apenas da freguesia, é de todo o concelho. Temos ali recebido gente vinda de toda a região, e até de Espanha».
Vale das Éguas, a mais pequena freguesia do concelho do Sabugal, tem, de facto, uma das mais frequentadas praias fluviais da região. Para além da beleza do local, constitui atractivo uma piscina natural onde as crianças nadam com toda a segurança.
plb

O Procurador-Geral da República, Fernando Pinto Monteiro, deu a sua primeira entrevista ao programa da RTP1 «Grande Entrevista» de Judite de Sousa.

Fernando Pinto Monteiro, PGRForam momentos diferentes os que se viveram na noite de quarta-feira, 21 de Fevereiro, na televisão portuguesa, mais concretamente no programa «Grande Entrevista» da RTP1, conduzido por Judite de Sousa.
O convidado era nem mais nem menos que o actual Procurador-Geral da República, Fernando Pinto Monteiro, figura que enche de orgulho todos os sabugalenses.
Recorde-se que Pinto Monteiro, o primeiro de quatro filhos de Lurdes e Amílcar Monteiro, nasceu em Porto de Ovelha, no concelho de Almeida, mas foi ainda criança com os seus pais viver para o Sabugal no início da década de 50. Frequentou o liceu na Guarda e formou-se em Direito na Universidade de Coimbra.
Mas a sua vida continua ligada à Beira Alta. O Natal e a Páscoa continuam reservados à família e a Porto de Ovelha mantendo a casa que foi dos tios, em Badamalos, concelho do Sabugal, por onde tem sido visto todos os verões.
Mas… mais importante que os temas da entrevista onde confirmou haverem já quatro acusações formais no «Apito Dourado» e admitiu que o FC Porto e o Boavista estão entre os visados foi a sua postura perante as câmaras. Aquela inconfundível pronúncia da beira raiana, aquela maneira de falar tão diferente dos políticos de Lisboa é espantosa. Uma postura tímida, de voz baixa, acentuando os nossos familiares «éses» personalizando com orgulho a pronúncia dos nossos pais e avós. É a pronúncia de nossos honestos agricultores. É a pronúncia das gentes honradas (que já nos deixaram) com quem convivi nas férias grandes da minha meninice e juventude passadas nas terras raianas. É bom ver alguém que não tem vergonha e assume as suas origens na grande cidade num dos cargos mais importantes da nação.
Parabéns, bem-haja e não nos desiluda senhor Procurador-Geral da República.
jcl

A manifestação juntou populações de seis concelhos e ainda representantes dos partidos políticos do Alto Tâmego. A fronteira com Espanha foi bloqueada e o motivo foi o do costume: protestar contra o encerramento das urgências dos hospitais da região.

Manifestação contra o encerramento das urgênciasA manifestação ocorreu quarta-feira, 21 de Fevereiro, e reuniu mais de cinco mil pessoas dos concelhos de Chaves, Montalegre, Boticas, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca, tendo sido organizadas duas marchas lentas automóveis desde Chaves até à fronteira de Vila Verde da Raia.
Às centenas de automóveis particulares juntaram-se cerca de duas dezenas de viaturas dos bombeiros tendo-se formado filas com mais de 18 quilómetros que entraram por Espanha dentro. Um dos portugueses levava ao vento uma bandeira espanhola que motivou palmas e gritos de apoio.
Em entrevista a Mário Crespo, na SIC-Notícias, o ministro da Saúde, Correia de Campos, considerou que «a manifestação tinha sido convocada pelo partido da oposição» reafirmando acreditar que está a fazer o que é melhor para Portugal.
jcl

O facto de existiram diversos parques termais na região motivou a Universidade da Beira Interior (UBI) a lançar um novo curso de pós graduação, com o qual pensa ganhar terreno na investigação científica nessa área.

Termas do Cró, SabugalSegundo o Urbi et Orbi, jornal on-line da UBI, a universidade decidiu promover a primeira pós-graduação em Termalismo, pensando nas necessidades das termas da região e tendo por referência as mais recentes evoluções científicas e tecnológicas nessa área.
Segundo António Jorge Santos Silva, coordenador científico desta acção e médico hidrologista, «este curso vem no momento certo para que sejam lançadas as sementes para que a UBI se possa afirmar como ponto de investigação nesta área». Este médico lembra que a Universidade tem entre os seus docentes e colaboradores, «nomes ligados às estâncias termais da região».
Embora refira as termas de Unhais da Serra, Manteigas, Monfortinho e Meda, a notícia da UBI é omissa quanto às termas do Cró, no concelho do Sabugal, cujas obras de instalação de infra-estruturas seguem em bom ritmo. Contudo, as caldas do Cró poderão igualmente vir a beneficiar do curso que está em implementação, pois os técnicos ali formados poderão futuramente vir a desempenhar funções nesse complexo termal quando o mesmo entrar em pleno funcionamento.
plb

A Junta de Freguesia de Santo Estêvão, concelho do Sabugal, tenciona iniciar este ano a construção de uma piscina que sirva a população local.

Construção de piscinaO terreno está adquirido e o projecto de construção vai ser em breve encomendado a uma firma especializada. A piscina comunitária ficará situada no centro da povoação, em local acessível a todos, para que constitua de facto um benefício para a população.
Para o presidente da Junta de Freguesia, Armindo Leitão, com quem Capeia Arraiana esteve à fala, o projecto é necessário e faz todo o sentido. «É sobretudo interessante para quem tem crianças, pois vai ser uma piscina pequena e com condições de segurança. Durante as férias de verão alguns habitantes ficam com os netos a cargo, e a piscina pode ajudar, pois as crianças terão assim onde ir divertir-se», disse o autarca.
Espera que o custo total da obra não ultrapasse os 50 mil euros, a suportar pela Junta de Freguesia, não descartando porém a possibilidade de candidatar a obra a um programa de apoio para receber comparticipação financeira.
plb

A Assembleia da Comunidade Urbana das Beiras (Comurbeiras) reunida no Sabugal, no dia 16 de Fevereiro, decidiu apostar num plano estratégico de desenvolvimento, onde constarão cerca de 500 projectos para a região.

Câmara Municipal do SabugalA empresa Global Change apresentou na reunião uma versão preliminar do plano estratégico da Comurbeiras, que visa definir os investimentos a realizar, com candidatura às verbas da União Europeia previstas no Quadro de Referencia Estratégica Nacional (QREN). O plano terá um alcance de sete anos.
Os doze municípios que integram o organismo dividirão os projectos em cinco eixos de intervenção: património histórico e turismo; produtos do território; posicionamento transfronteiriço; inovação e competitividade e coesão social e territorial.
Segundo a edição de 19 de Fevereiro do Diário XXI, para além do plano estratégico a assembleia aprovou o orçamento da Comurbeiras, no valor de 163 mil e 400 euros, os quais serão destinados a custear o plano estratégico, a instalação da sede em Manteigas e à contratação de pessoal.
A Comurbeiras é constituída por nove municípios do distrito da Guarda: Almeida, Sabugal, Pinhel, Figueira de Castelo Rodrigo, Trancoso, Meda, Celorico da Beira, Manteigas e Guarda. Fazem também parte três municípios do distrito de Castelo Branco: Penamacor, Covilhã e Belmonte.
O presidente da Câmara do Fundão, Manuel Frexes, em declarações ao Primeiro de Janeiro (edição de hoje, 21 de Fevereiro) admite vir também a integrar a comunidade, até porque o plano estratégico contempla já esse município da Cova da Beira.
plb

Campeonato Nacional da Lingua Portuguesa - 2007Terceira análise ao teste. Vamos resumir as respostas a duas hipóteses possíveis na categoria «Para todas as idades». A discussão continua a ser bem-vinda…

Quantas palavras erradas encontra neste texto?
Resposta: B ou C.
ninguem, esploram, cradulidade, despervenidas, serias, individuo, houvessem, duvidas, correta, cincoenta, eletrocardiograma, medico, entergou-lhe.

13. Qual destas palavras não pertence à família de intermissão?
Resposta: C ou D.

14. Qual destas frases não segue as regras gramaticais?
Resposta: A ou B.

15. Na frase «ceámos à lareira que a noite estava fria», a palavra «que» desempenha a função de:
Resposta: C ou D.

16. Tíbio significa:
Resposta: B ou D.

17. Indique qual a frase correcta:
Resposta: A ou B.

18. Na frase «V. Exa. está cansado», a figura usada é:
Resposta: B ou C.

Chegámos ao final da correcção do teste. Até dia 22 vamos tentar resolver as dúvidas.
jcl

De parceria com a Clínica Médica do Sabugal, a Associação Desenvolvimento do Sabugal (ADES), organiza um seminário a realizar no Sabugal no dia 1 de Março, pelas 15 horas, no auditório municipal.

ADES - Associação Desenvolvimento do SabugalO seminário estará subordinado aos temas: «segurança, higiene e saúde no trabalho» e «higiene alimentar». A iniciativa é voltada para as empresas do concelho do Sabugal, com o objectivo de as informar e sensibilizar para a importância do cumprimento das normas legais a que devem subordinar a sua actividade.
A parceria da ADES com a clínica sabugalense resulta de um protocolo assinado entre as duas entidades. O seminário permitirá esclarecer o significado, o contexto e o enquadramento da segurança, higiene e saúde no trabalho, assim como a importância da saúde alimentar, de forma que todos percebam a interesse do cumprimento das regras vigentes. É da legalidade e da responsabilidade que as empresas poderão retirar importantes vantagens competitivas.
A abertura do seminário estará a cargo do presidente da ADES, o advogado José Robalo. Sobre os temas em concreto intervirão técnicos da Clínica Médica do Sabugal, da Delegação Regional de Saúde, da Direcção Regional de Agricultura da Beira Interior e da Autoridade de Segurança Económica e Alimentar.
No fecho dos trabalhos intervirá o presidente da Câmara Municipal do Sabugal, Manuel Rito Alves.
plb

O concurso de acordeão «Folefest 2007» inclui vários espectáculos de acordeonistas que tocam a solo e música de câmara.

Cine-Teatro Avenida de Castelo BrancoO Conservatório Regional de Castelo Branco e a Escola Superior de Artes Aplicadas promovem, nos dias 22, 23 e 24 de Fevereiro, o concurso de acordeão «Folefest 2007» que inclui vários espectáculos de acordeonistas que tocam a solo e música de câmara.
O concerto de João Frade Trio (acordeão, percussão e guitarra) no Cine-Teatro Avenida, pelas 21.30 horas do dia 22 abre o cartaz. O acordeonista algarvio João Frade nasceu a 11 de Abril de 1983 na Branqueira, Albufeira e em 1995, com apenas 12 anos, venceu o Concurso de Acordeão da Feira Popular de Lisboa. Em 2002 sagrou-se campeão do Mundo em Itália, venceu o Concurso Internacional no mesmo país, conquistou o primeiro lugar na Taça do Mundo em Copenhaga e o primeiro prémio no Concurso de Acordeão de França.
No dia 23 decorrem os concertos InFole (recitais de acordeão) com Paulo Ferreira, Pedro Santos e Gonçalo Pescada e do Trio Desconcertante. No mesmo dia será inaugurada a exposição de fotografia intitulada «O Mundo do Acordeão». Pelas 21.30 horas actuará, no Governo Civil, o russo Vladimir Chernukh.
O concurso de acordeão decorre no dia 24, pelas 9.30 horas contando com a presença de seis categorias em competição e a participação de 20 candidatos.
O espectáculo final será interpretado pelos vencedores das diferentes categorias. Promessa de três dias de muita música em Castelo Branco…
jcl

A jogar em casa, em dia de inauguração do novo estádio, a Associação Cultural e Desportiva do Soito alcançou um resultado que já não se usa no desafio contra o Famalicão da Serra. No final da partida o marcador indicava 8-1.

Dirigentes da Associação Cultural e Desportiva do Soito em entrevista à «Rádio Elmo»Em desafio a contar para a 10.ª jornada da 2.ª Divisão Distrital da Associação de Futebol da Guarda os soitenses golearam o Famalicão da Serra por 8-1. O marcador registou números pouco habituais numa partida de futebol de 11 e não deixa margem para dúvidas sobre a diferença futebolística entre as duas equipas.
Com este resultado a equipa do Soito manteve o quarto posto da classificação geral com 14 pontos.
O expressivo resultado ajudou à festa de inauguração do campo desportivo. Foi a primeira vez que a equipa jogou em casa. Durante meses o Soito cumpriu o calendário do campeonato jogando no campo dos adversários, esperando ansiosamente pela conclusão das obras de construção do estádio, que foram adjudicadas à firma António José Saraiva SA pela Câmara Municipal do Sabugal.
Para a 1.ª Divisão Distrital guardense o Sporting do Sabugal jogou fora na 20.ª jornada com a equipa de Açores e obteve uma preciosa vitória por 3-2 somando três pontos e mantendo a quinta posição com 33 pontos.
O líder, Ginásio Figueirense, foi a Fornos de Algodres vencer o seu mais directo adversário alargando para seis pontos a diferença entre os dois e aproximando-se do seu objectivo: ser campeão distrital da Guarda da I Divisão.
Na foto podemos ver os dirigentes do Soito, João Lela (treinador), Alberto José (presidente) e João Manso (director) em entrevista à Rádio Elmo.
jcl

Estão quase concluídos os trabalhos de instalação da rede de saneamento básico e calcetamento das ruas nas Quintas de São Bartolomeu, concelho do Sabugal.

Quintas de São Bartolomeu, Sabugal, GuardaHá mais de um ano que se iniciaram as obras, adjudicadas pela Câmara Municipal do Sabugal no seguimento do programa de dotação de rede de saneamento básico em todas as localidades do concelho. Os trabalhos, a cargo da firma Albino Teixeira, seguiram a bom ritmo, o que tem satisfeito o presidente da Junta de Freguesia, Joaquim Corte, para quem houve apenas um problema que era de resto esperado: «A dispersão do casario e a rede de ruas e caminhos que conduzem às habitações situadas fora do núcleo urbano, levaram a que os trabalhos fossem mais lentos.»
As Quintas de São Bartolomeu são formadas por três núcleos populacionais: a Quinta do Santo, a Redonda e o Barrocal. As casas esparrinham-se nas encostas de um pequeno vale, entremeadas com campos de cultivo pejados de arvoredo. Fora do núcleo urbano de antigamente construíram-se casas novas, por onde se chegava por caminhos esconsos, que com o decurso do tempo a Junta de Freguesia foi empedrando. As Quintas têm um dos maiores perímetros urbanos do concelho do Sabugal, e uma rede de passagens a servir as casas, que formam uma teia descomunal. Cada habitação ficou com o saneamento e a rede de água instalada à porta, e o empedrado, tendo sido levantado, foi de novo reposto, o que demorou o seu tempo.
As recentes chuvadas e as consequentes enchentes levantaram uma parte das calçadas, mas ainda assim o presidente está esperançado no cumprimento dos prazos, desejando que quando o Verão chegar tudo esteja em ordem para que a freguesia esteja capaz de receber dignamente os emigrantes que vêm para a grandiosa festa em honra de São Bartolomeu, realizada a 24 de Agosto.
plb

Um mar de gente aportou em Pinhel nos três dias em que decorreu a 12.ª edição da Feira das Tradições, que se vem afirmando como uma das mostras económicas e culturais mais importantes da região da Guarda.

Feira das Tradições de PinhelForam três dias de casa cheia nas antigas instalações da Rhode, local onde a feira se realizou este ano. O Grupo Baraças e Irmãos Unidos, sedeado em Pinhel, que recentemente adquiriu as instalações industriais, cedeu-as à autarquia, que ali realizou o evento. Com isso houve manifesto benefício para a iniciativa, pois recorreu-se a um espaço amplo onde os expositores couberam à vontade e onde os visitantes passearam com toda a fraqueza. Os dias 17, 18 e 19 de Fevereiro foram dias grandes para a cidade de Pinhel.
Num dos pavilhões instalaram-se as juntas de freguesia do concelho, em cujos espaços se expuseram produtos tradicionais e se exibiram algumas das tradições populares. Outro pavilhão serviu para se instalar a feira comercial e industrial, com expositores vindos de todo o país, e também de Espanha, mas com ênfase para os produtores da região.
A grandiosidade do espaço deu ainda lugar ao aproveitamento de um pavilhão para as tasquinhas, onde se serviram bebidas e se degustaram as comidas típicas da região.
Noutra parte reservou-se espaço para os concertos, onde André Sardet, que actuou na primeira noite, foi o principal atractivo.
Numa sala ampla e condignamente preparada realizaram-se colóquios sobre temas ligados às tradições pinhelenses.
plb

São esperados mais de 300 participantes na 24.ª edição da Nevestrela-Encontro Nacional de Alpinismo na Serra da Estrela.

Nevestrela - Encontro Nacional de AlpinismoA iniciativa promovida pelo Clube de Montanhismo da Guarda (CMG) decorre entre 17 e 20 de Fevereiro e tem o seu início no Covão d’Ametade, no concelho de Manteigas, na Serra da Estrela.
No encontro anual que já vai na 24.ª edição vão participar mais de 300 montanheiros de todo o País pois como explicou à agência Lusa o presidente da CMG, João Adaixo «o Nevestrela é uma actividade simbólica para todos os montanheiros, não só para aqueles que já praticam, como para os que estão a começar. Este encontro anual ajuda a criar o espírito de montanhismo que só se consegue na Serra». «Aperfeiçoar técnicas, ter um contacto directo com a neve e realizar actividade ecológicas são outros dos propósitos do encontro. Durante os quatro dias será realizado um percurso de longa duração e uma travessia com pernoita», esclareceu o dirigente lembrando que «este ano vamos enquadrar o Nevestrela na iniciativa da Associação dos Amigos da Serra da Estrela Um milhão de carvalhos para a Serra da Estrela e vamos plantar algumas árvores no Vale da Candeeira».
jcl

Os municípios da Guarda e Salamanca vão criar uma associação para maior colaboração na execução de projectos comuns entre as duas cidades.

PLIE - Plataforma Log�stica de Iniciativa Empresarial (Guarda)O projecto transfronteiriço visa a cooperação em domínios que vão desde a cultura, à educação e à economia. Para o presidente da Câmara da Guarda, Joaquim Valente, o próximo Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) prevê apoios comunitários entre 2007 e 2013 e é necessário que tudo esteja consolidado com o Ayuntamiento de Salamanca para que sejam possíveis as candidaturas comuns.
Em declarações à agência Lusa, o autarca guardense lembrou ainda que «está em curso a construção de uma Plataforma Logística de Iniciativa Empresarial (PLIE) nas imediações da Guarda. Estamos no meio de um eixo económico que começa em Aveiro e termina em Valladolid. A parceria com Salamanca permitirá desenvolver o caminho para a Europa que passa pelas duas cidades».
O Centro de Estudos Ibéricos é fruto de uma parceria entre a Câmara da Guarda e a Universidade de Salamanca e nasceu da sugestão lançada pelo ensaísta Eduardo Lourenço na sessão comemorativa do oitavo centenário do Foral da Guarda, em 1999.
Os estatutos da futura associação prevêm que a presidência da futura associação seja rotativa e que o mandato tenha a duração de dois anos.
jcl

Semanalmente seleccionamos uma fotografia enviada pelos nossos leitores para ser publicada à segunda-feira. Ficamos à espera da sua…

«Imagem da Semana» (19 de Fevereiro de 2007)«Imagem da Semana»: 19 de Fevereiro de 2007
Local: Festas de São Firmino, Pamplona, Espanha
Autor: desconhecido
Data: desconhecida
Enviada por: Carlos Gonçalves (Lisboa)

Clique na imagem para ampliar

Campeonato Nacional da Lingua Portuguesa - 2007Segunda análise ao teste. Vamos resumir as respostas a duas hipóteses possíveis na categoria «Se tem entre 15 e 18 anos, o seu teste termina aqui». A discussão continua a ser bem-vinda…

7. Um epigónio é…
Resposta: A ou C.

8. A orizicultura refere-se a:
Resposta: A ou C.

9. Só uma das expressões não corresponde ao significado de poalho:
Resposta: A ou C.

10. Indique o conjunto onde não há propriedade no uso das palavras:
Resposta: A ou B.

11. Indique em qual das seguintes palavras há erro na acentuação gráfica?
Resposta: B ou D.

12. Indique a frase semanticamente correcta:
Resposta: A ou D.

Em breve continuaremos a correcção do teste.
jcl

O presidente da Câmara de Manteigas, José Manuel Biscaia, defendeu uma estratégia comum de divulgação para os concelhos da região da Serra da Estrela.

José Manuel Biscaia, presidente da Câmara de Manteigas«Os concelhos podem e devem ter as suas próprias divulgações e iniciativas, mas acho que a região devia encontrar um espaço para dar conta das suas potencialidades», afirmou o autarca à agência Lusa durante a abertura da XIV Mostra de Actividades e Feira de Artesanato Local que decorre até ao dia de Carnaval em Manteigas.
José Manuel Biscaia acrescentou que «a produção de queijo da Serra da Estrela já conheceu melhores dias registando-se uma quebra acentuada. A profissão de pastor sempre foi considerada menor e muito presa. Começamos a ter novos hábitos e ninguém quer ser pastor, nem mulher do pastor, por viver fora da zona urbana e não ter sábados nem domingos».
«Neste fim-de-semana alargado de Carnaval os concelhos de Seia e Gouveia também promovem o queijo da Serra mas a falta de entendimento entre as várias autarquias da região reduz a magnitude que uma grande mostra num evento único provocaria tal como acontece com outros produtos noutras regiões do País», esclareceu ainda o presidente de Manteigas.
jcl

A circulação na ponte internacional que liga Valença a Tui foi interrompida durante uma hora por mais de mil manifestantes que protestavam contra o encerramento das urgências do concelho de Valença.

ValençaA ponte internacional que liga Valença a Tui, em Espanha, cortada com uma marcha lenta automóvel, as sirenes dos bombeiros a ecoar e os sinos das igrejas a tocar a rebate foram as formas escolhidas pela população de Valença para protestar com o fecho das urgências no concelho.
O presidente da Câmara de Valença, o socialista José Luís Serra, encabeçou a marcha lenta desde o centro da vila até à ponte solidário com os habitantes do seu concelho. «Mostrou-se irredutível e inflexível» disse o autarca referindo-se ao ministro da Saúde, Correia de Campos, com quem reuniu na passada quinta-feira, 15 de Fevereiro. «Por isso, pedi, hoje mesmo, a demissão dos cargos que ocupo no PS, pois não quero fazer parte de um partido que apoia e patrocina a actual política de saúde» informou ainda José Luís Serra que integrava a Comissão Política Nacional e a Comissão Política Distrital de Viana do Castelo dos socialistas.
«Este ministro da Saúde tem uma forma de fazer política que não é admissível no século XXI. Se continua assim vai ter muito problemas, em Valença e em todo o País. E acredito mesmo que acabará por ter que se demitir», criticou José Luís Serra.
A proposta da Comissão Técnica de Apoio ao Processo de Requalificação das Urgências para o distrito de Viana do Castelo indica um Serviço de Urgência Médico-Cirúrgico no Centro Hospitalar do Alto Minho e dois Serviços de Urgência Básica em Ponte de Lima e Monção.
«Com esta política de saúde mais vale sermos espanhóis», era uma das palavras de ordem. O problema é que depois do mal feito o ministro até se pode demitir e ingressar numa empresa pública com um vencimento dourado mas… o mal já está feito.
jcl

«Temos gente a menos e menos economia? Que relação entre as duas parcelas? Que fazer? Eis uma pergunta que o senhor bispo da Guarda deixou na nossa mente quando, há dias, num encontro ocasional em Lisboa, revelou a sua preocupação com Quadrazais, cujo definhamento temia. Tempo de morrer, ou tempo para nascer?»

Jesué Pinharanda Gomes - Carta DominicalA Raia da Beira está despovoada. Já na Idade Média, perante o avanço das hostes muçulmanas, a Raia sofreu um fenómeno chamado «ermamento» também significado no termo jurídico «fogo morto». Este termo referia a existência de casas (lares) desabitadas. Os povos haviam-se refugiado mais para Norte e Oeste, deixando as terras à disposição do invasor. Emigração forçada, tal como, por diferentes razões, a que tem afectado a região sobretudo desde os meados do vigésimo século.
Alguma vez a Raia terá albergado gente a mais, quer dizer, gente para cujo número as disponibilidades económicas eram amplamente insuficientes. A relação economia/população é um binómio inevitável: o excesso populacional torna problemática a deficiência económica, mas, de modo análogo, a deficiência económica põe em causa a suficiência populacional. Parece serem elas inversamente proporcionais e, por isso, se diz elas desenharem um círculo vicioso, significado na expressão «pescadinha de rabo na boca». Ora não há gente por não haver condições económicas, ora não há condições económicas por não haver gente. Na verdade, se não houver gente não haverá economia, ou esta será um espécie de «mão-morta». Existe, mas não serve.
Esta reflexão vem na sequência de uma breve estatística publicada no jornal «Nordeste» envolvendo apenas três freguesias: Quadrazais, onde foram baptizadas cinco crianças (decerto uma que outra nascida fora) e se verificaram 22 óbitos, sabemos que alguns na emigração. O Soito apresenta uma relação de 11 baptismos para 20 óbitos, e Vila Boa três contra oito. Esta estatística tem mais do que uma curiosidade: a fraca natalidade do Soito, apesar da sua eficácia económica, pondo em causa o princípio economicista, e a progressiva extinção(?) de uma freguesia que foi deveras populosa. Mais se morre do que se nasce, o fenómeno da despopulação está à vista. Aliás, confrontando os censos de três mais modernos, o concelho do Sabugal, com 23.371 habitantes em 1970, aparece com 18.927 em 1981 e, pasmemos, no censo de 2001 com apenas 14.871 – quer dizer, pelo menos 8500 pessoas ou faleceram, ou emigraram nos últimos 30 anos.
Temos gente a menos e menos economia? Que relação entre as duas parcelas? Que fazer? Eis uma pergunta que o senhor bispo da Guarda deixou na nossa mente quando, há dias, num encontro ocasional em Lisboa, revelou a sua preocupação com Quadrazais, cujo definhamento temia. Tempo de morrer, ou tempo para nascer?
«Carta Dominical» de Pinharanda Gomes

Campeonato Nacional da Lingua Portuguesa - 2007Tal como combinado vamos dar iniciar, aqui no Capeia Arraiana, à tentativa de resolução do primeiro teste do «Campeonato Nacional da Língua Portuguesa 2007». Pretendemos incentivar a participação de todos os raianos sabugalenses em especial os alunos e professores do concelho do Sabugal.

Nesta primeira análise ao teste «Até menos de 15 anos» vamos resumir as respostas a duas hipóteses possíveis anulando as restantes. A discussão é bem-vinda…

Quantas palavras erradas encontra neste texto?
Resposta: B ou C.
eminente, incendio, Pais, verão, imperscindível, estructurais, deteção, premitem, atuar, imergência, redusir, numero, efetuar, ecosistema, preceder.

1. Qual é o masculino da palavra abelha?
Resposta: C ou D.

2. Diga o plural de balão-sonda:
Resposta: A ou B.

3. O que significa mormente?
Resposta: A ou B.

4. Assinale a palavra que apresenta erro ortográfico:
Resposta: B ou C.

5. Qual a frase correctamente construída?
Resposta: B ou C.

6. Na frase «Isto não lhe arrefece o ânimo», qual é o sujeito?
Resposta: A ou C.

As nossas respostas não têm o carimbo de correcto. São resultado, apenas, das nossas escolhas e são dadas à laia de sugestão. Aceitamos correcções fundamentadas às nossas indicações. No domingo, dia 18, continuaremos a correcção do teste.
jcl

A Escola Superior de Turismo e Telecomunicações de Seia do Instituto Politécnico da Guarda vai promover, nos dias 23 e 24 de Fevereiro, um Concurso de Gastronomia.

1.º Concurso de Gastronomia da Serra da EstrelaO concurso gastronómico, o primeiro acerca da gastronomia serrana, é subordinado ao tema «Trilogia de Sabores» e pretende promover e divulgar a gastronomia tradicional. O concurso visa ainda a dinamização do sector da restauração da região e fomentar a interacção entre diferentes entidades ligadas ao sector.
Vão participar no concurso a Escola Profissional do Fundão, o Núcleo de Formação do Fundão (INFTUR) e a Associação Comercial de Seia. A nível empresarial, estarão presentes restaurantes dos concelhos da Guarda, Seia, Covilhã e do Fundão.
No dia 23 de Fevereiro o concurso será realizado a nível das escolas da especialidade; no Sábado, dia 24 de Fevereiro, terá lugar a competição direccionada aos restaurantes.
plb

Jesué Pinharanda Gomes aceitou o nosso convite para participar na área de «Opinião» do Capeia Arraiana.

Jesué Pinharanda GomesO nosso papel é não sermos notícia mas, por vezes, é incontornável. É com orgulho que informamos que a partir de domingo, 18 de Fevereiro, vamos poder ler todas as semanas no espaço dedicado à Opinião a Carta Dominical do ilustre sabugalense, natural de Quadrazais, Jesué Pinharanda Gomes. «O reconhecido pensador português, autor de vasta obra, com mais de duas centenas de títulos publicados e que faz da vida um exercício de preparação para a morte na sua peregrinação pelo absoluto» (ver À fala com…) aceitou o nosso convite e vai iniciar uma colaboração semanal.
É nossa intenção promover e divulgar as nossas terras e as nossas gentes através de um discurso positivo mas verdadeiro, honesto mas rigoroso na informação prestada. Mais importante do que escrever histórias é que a História não se esqueça das pessoas que marcaram e marcam as nossas vidas e a nossa região.
A área de Opinião apenas vincula quem assina os respectivos textos. E isto tudo porque temos uma regra de ouro: «O nosso blogue está identificado. Os responsáveis têm nome e dão a cara. Nunca aceitaremos nomes fictícios ou anónimos.» É nesse sentido que iremos publicar em breve o nosso estatuto editorial que ficará subjacente a critérios editoriais. No caso da área de Opinião onde serão publicados textos dos responsáveis pelo blogue ou de individualidades convidadas que terão toda a liberdade de escrita apenas limitada pelas regras sociais de decoro e excluindo a agressão pessoal.
Capeia Arraiana, o blogue de todos os sabugalenses…
jcl e plb

A direcção do «Diário de Notícias» liderada por António José Teixeira foi demitida durante a madrugada de 16 de Fevereiro por Joaquim Oliveira, presidente da GlobalNotícias.

Diario de Noticias«Os maus resultados a nível das audiências das várias publicações esteve na base da decisão de Joaquim Oliveira que reuniu com o conselho de redacção na noite de quinta-feira, dia 15» informou a agência Lusa que acrescenta ter a decisão sido uma surpresa pois «a administração da empresa distribuiu uma informação às agências de publicidade na qual afirmava que o DN estava a subir de audiências e que tinha alcançado bons resultados nos estratos sociais de maior consumo».
O nome de João Marcelino, director do «Correio da Manhã», é referido como bem colocado para assumir a direcção pois Oliveira nunca escondeu o seu interesse em tê-lo à frente das suas publicações.
jcl

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Fevereiro 2007
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.140.317 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios