O critério educativo abrangente e de envolvimento da Escola Regional Dr. José Dinis da Fonseca, na Cerdeira do Côa, concelho do Sabugal, é considerado exemplar e a fama ultrapassa a região.

Escola Regional José Dinis da Fonseca, Cerdeira«Formar mulheres dignas, cidadãs responsáveis, boas profissionais, esposas e mães exemplares é o objectivo dos professores e educadores da nossa instituição», esclareceu a directora pedagógica, Felicidade Aguiar Ramos, à reportagem publicada no Jornal de Notícias.
A escola exclusivamente feminina educa cerca de 140 alunas com 80 em regime de internato. A formação vai muito além das matérias programáticas com as raparigas a aprender a por e levantar a mesa, servir refeições, limpar os quartos e casas de banho e a ajudar nas celebrações da missa.
Nos tempos livres podem estudar, aprender música, informática, francês, ver televisão, comunicar via Internet e brincar.
A escola feminina do Instituto de São Miguel, ligada à Liga dos Servos de Jesus, criada em 1955 na Cerdeira do Côa, é vista por muitos como elitista. Forma jovens da região oriundas de famílias de agricultores e emigrantes que trabalhando no estrangeiro querem que as filhas recebam em Portugal em regime de internato a instrução e a formação adequadas.
Tem vindo, no entanto, a adaptar-se aos tempos modernos pois como afirma a sua directora «se tudo chega até nós pela televisão e pela Internet, temos de preparar as alunas para ser cidadãs da Europa e do Mundo».
(reportagem original de Licínia Girão, Jornal de Notícias)
jcl