A irmã Celeste Gonçalves, natural de Aldeia da Dona, concelho do Sabugal, foi eleita Conselheira Geral da Congregação das Irmãs de S. João Baptista e de Maria Rainha.

Irmã Celeste Gonçalves, Aldeia da DonaA religiosa sabugalense foi nos últimos três anos irmã Superior Provincial da Congregação em Gouveia até ser substituída em Novembro de 2006 pela irmã Conceição Oliveira Fernandes, natural de Vale de Espinho, Sabugal. Em Outubro tinha sido eleita para o governo-geral da instituição como Conselheira Geral. Vai, agora, «exercer funções na Alemanha como postuladora da Causa de Canonização do padre João Maria Haw, fundador da ordem religiosa», noticia o jornal A Guarda.
«O processo de canonização tem que ser feito na Alemanha onde nasceu, viveu e morreu o padre Haw. É um trabalho difícil mas como já estive 13 anos na Alemanha domino bem a língua e não terei grandes problemas de adaptação», referiu a religiosa à publicação católica guardense acrescentando que «tencionar regressar a Portugal em Junho, mas entre Outubro de 2007 e Fevereiro de 2008 irá frequentar um curso de postuladores em Itália, na Congregação Para a Causa dos Santos, presidida pelo cardeal D. José Saraiva Martins, natural da freguesia de Gagos, concelho da Guarda».
Capeia Arraiana esteve à fala com a irmã Rosa, da Casa de Gouveia, que nos explicou melhor a hierarquia da Ordem. O Governo-Geral da Congregação é constituído por cinco irmãs Conselheiras Gerais: duas portuguesas, a irmã Celeste Gonçalves (natural de Aldeia da Dona, Sabugal, colocada na Alemanha), a irmã Agata Carrilho (natural do Soito, Sabugal, colocada na Malhada Sorda), uma alemã (vigária geral) e duas indianas (sendo uma delas a Superiora Geral).
jcl