«A verdadeira felicidade está mais em dar que em receber», declarou em entrevista ao semanário A Guarda a Irmã Hospitaleira do Sagrado Coração de Jesus, nova Superiora da Casa de Saúde Bento Menni da Guarda.

Irmã Lúcia Reduto - Casa de Saúde Bento MenniA Irmã Lúcia Reduto chegou à casa de Saúde Bento Menni, na Guarda, no dia 9 de Janeiro (terça-feira), para substituir a Irmã Alice Roseiro, que durante seis anos coordenou a unidade. A nova Superiora, tem 44 anos, é natural da Abitureira, freguesia de Vila do Touro, no concelho do Sabugal, e esteve até agora no Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família, no Funchal.
Dar continuidade à obra em curso na Casa de Saúde Bento Menni é a grande aposta da nova Superiora, que se diz uma mulher identificada, realizada, feliz e alegre, e pronta para cumprir a nova missão.
Sobre a sua terra natal, a Abitureira, a irmã declarou: «Não troco o silêncio, o sossego, a harmonia e a beleza com que a mãe natureza prendou estas terras, por nenhum outro lugar. As fortes e inquebrantáveis raízes familiares que me ligam a essas terras que me viram nascer e crescer, sobrepõem-se aos atractivos dos grandes centros turísticos tão procurados. Sempre que posso, não perco o gozo de uns dias bem passados com a família e amigos de infância».
Na entrevista a Irmã confessa porque se sentiu chamada à congregação, descreve o seu percurso (que passou pela Idanha, Parede, Lisboa, Monforte, Condeixa e Funchal), e diz como encara a nova missão. Aceitou o desafio pela mesma e única razão que sempre a orientou: «Servir onde a obediência me envia.»
A Casa de Saúde Bento Menni recebe e trata doentes mentais, sobretudo os mais carenciados.
plb